• FIES

    O que é FIES?

    Se você quer saber mais sobre o que é o FIES e como funciona, pode ficar tranquilo que vamos te explicar todos os detalhes. Afinal, aqui no 3Dcloner você sempre confere posts exclusivos sobre financiamento e bolsas estudantis. Então, para não perder nenhuma novidade ou prazo, visite o blog semanalmente.

    Agora, vamos começar te explicando o que significa FIES. A sigla quer dizer Fundo de Financiamento Estudantil. E essa é uma iniciativa do governo federal que tem com objetivo auxiliar os alunos brasileiros a terem acesso ao ensino superior por meio de crédito estudantil.

    De uma forma resumida, podemos dizer que esse programa oferece juros baixos, ou até mesmo zero juros para os estudantes. Além disso, há também um prazo longo para começar a pagar, já que a cobrança só inicia após a formatura do estudante. Dessa forma, a ideia é que o aluno possa se transformar em um profissional qualificado, ganhar dinheiro com o seu ofício e começar a pagar o financiamento. Ou seja, é uma boa possibilidade para tirar os sonhos do papel e iniciar uma graduação.

    Quem pode participar do FIES?

    Agora que você já entendeu o que é e como funciona, vamos falar sobre quem tem direito ao FIES. O primeiro e mais importante ponto para fazer parte do financiamento é tirar uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio, o famoso ENEM. Então, você deve focar os seus estudos nas provas do ENEM para conseguir chegar mais longe e alcançar os seus objetivos.

    Para você ter uma ideia, os cursos mais procurados nas faculdades são aqueles com maior taxa de concorrência no FIES também. Em medicina, por exemplo, a nota de corte pode ultrapassar os 700 pontos, porém, em outros cursos menos disputados a pontuação chega perto de 450. Mas é claro, vale lembrar que a nota de corte muda de acordo não só com o curso, mas também com a instituição, turno de estudo e local escolhidos pelo candidato na hora da inscrição.

    Mas, vamos simplificar e trazer uma listinha de quem tem direito ao FIES, ou seja, quem pode se inscrever para ter acesso ao financiamento. Confira logo abaixo:

    • Ter participado de qualquer edição do ENEM a partir de 2010;
    • Ter conquistado no mínimo 450 pontos nas provas objetivas do ENEM e não ter zerado a redação;
    • Comprovar renda familiar bruta mensal de um a cinco salários mínimos por pessoa;
    • Não estar matriculado em outra graduação que utiliza o FIES;
    • Não ter nenhuma pendência com financiamentos do programa.

    Se você atende a esses requisitos, já pode passar para a próxima etapa deste texto, onde vamos explicar mais sobre inscrição do FIES e também o que são vagas remanescentes FIES. Assim, você fica por dentro de todas as informações e pode ficar mais perto dos seus objetivos acadêmicos e profissionais também.

    Como é a inscrição para o FIES?

    Então, o primeiro ponto é verificar quando abrem as inscrições do FIES. Mas fica tranquilo, sempre vamos avisar sobre os prazos aqui no blog, então, você só precisa ficar de olho. É importante dizer que a inscrição do Fundo de Financiamento Estudantil é gratuita e o processo é bem simples. Mas, para facilitar ainda mais a sua vida, trouxemos um passo a passo logo abaixo. Só é importante lembrar que você só vai conseguir seguir esse passo a passo quando as inscrições estiverem abertas.

    1. Acesse o site oficial do programa: http://portalfies.mec.gov.br/
    2. Em seguida, clique em “minha inscrição” e você será direcionado para o site FIES Seleção;
    3. Se já tiver conta no site do Governo Federal é só preencher o login (e-mail e senha) e acessar;
    4. Caso ainda não tenha conta, clique em “crie sua conta” e depois selecione a opção “número de CPF”, preencha os campos com os seus dados. Em seguida será necessário validar seus dados e o seu cadastro por e-mail ou SMS, e também, criar uma senha;
    5. Depois de logado, é só preencher os dados e o questionário, assim como, as informações de grupo familiar;
    6. Agora chegou a hora de preencher as informações do grupo de preferência, ou seja, para qual curso você deseja fazer o financiamento (é possível escolher até três);
    7. O sistema vai te mostrar todas as opções de instituição que aceitam o financiamento para o curso escolhido por você;
    8. E para finalizar, você precisa dizer se já está realizando o curso ou não, se ainda não começou coloque 0 em número de semestres. Pronto, aqui termina o passo a passo para se inscrever no FIES!

    A boa notícia é que você pode mudar a sua opção de curso quantas vezes quiser, mas é claro, só até o encerramento do processo de inscrições. E para garantir uma boa nota no ENEM pode ser interessante apostar em um preparatório. Assim, é possível aprender de forma mais direcionada e ter melhores resultados. Você também pode testar seus conhecimentos respondendo questões de exames anteriores, assim, pode ter uma prévia do que estará te esperando.

    Saiba mais sobre o fiador FIES

    Primeiro, você precisa saber que existem dois tipos de fiança no FIES, a convencional e a solidária. Sendo assim, a fiança convencional é assegurada por duas pessoas que comprovem renda igual ou superior ao dobro do valor da mensalidade do curso que foi financiado.

    Já o fiador solidário é quando um grupo de 3 a 5 estudantes se reúnem para atuar como fiadores um dos outros. Dessa forma não é preciso comprovar renda, mas caso um dos estudantes deixe de pagar a mensalidade, os outros participantes terão que assumir a responsabilidade. Porém, para participar dessa modalidade de fiança é preciso que todos os participantes estejam matriculados na mesma faculdade e campus onde o curso é oferecido. E também não é possível participar parentes ou quem já faz parte de algum outro grupo de fiança solidária.

    Agora que você já sabe a diferença entre essas duas formas, vamos falar sobre quem pode ser fiador do FIES, o banco não aceita como fiador:

    • Cônjuge ou companheiro(a) do estudante;
    • Estudantes que têm financiamento aberto no Programa de Crédito Educativo (PEC/Creduc);
    • Estudante que já tenha ou teve financiamento do FIES;
    • Estrangeiros (exceto cidadãos portugueses que atendam a determinados critérios legais).

    O que são vagas remanescentes FIES?

    Chegou a hora de explicar o que são vagas remanescentes FIES. Na verdade, a explicação é bem simples, são aquelas vagas que não foram preenchidas durante o processo seletivo regular do financiamento. Isso pode acontecer por diversos motivos, como, por exemplo, não ter formado turma, o candidato não ter conseguiu o financiamento, ou até mesmo, porque o candidato quis se inscrever em uma outra graduação.

    Para participar e se candidatar a uma vaga remanescente, o candidato deve atender aos requisitos básicos do FIES que já mencionamos anteriormente, e a renda familiar mensal bruta não pode exceder os três salários mínimos por pessoa.

    Essa seleção em específico tem uma prazo diferente para cada perfil do candidato. Ou seja, quem ainda não está matriculado em curso superior terá quatro dias, a partir da abertura das inscrições, para se cadastrar e disputar as vagas prioritárias. E quem já faz curso superior terá várias semanas para se inscrever e solicitar o financiamento.

    Mas é importante frisar que a seleção remanescente distribui os financiamentos de acordo com a ordem de chegada. Sendo assim, quanto mais rápido você se inscrever, mais chances terá de receber o FIES. Outro ponto importante é que a inscrição por si só não garante acesso à vaga de financiamento.

    Funciona assim, depois de se inscrever nas vagas remanescentes do FIES e completar as informações exigidas no SisFIES, os candidatos precisam de mais alguns passos. Sendo assim, dois dias úteis após a convocação, é necessário se apresentar à Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da faculdade, validar os dados cadastrados e obter o Documento de Regularidade de Inscrição (DRI). Aí sim, com o DRI em mãos, o candidato pode ir ao banco desejado e abrir o financiamento.

    Lembrando que as primeiras vagas a serem abertas são para cursos ligados as seguintes áreas: Saúde; Engenharia e Ciência da Computação; e Licenciaturas.

    Faculdades que aceitam FIES

    Agora que você já sabe tudo sobre o programa, deve estar se questionando sobre as faculdades que aceitam FIES. Na verdade, essa listagem muda a cada edição do exame, por isso, é importante verificar no momento em que as inscrições do FIES estiverem abertas.

    Porém, é importante lembrar que para entrar no FIES, a faculdade precisa ser reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, é necessário ter obtido conceito positivo no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (SINAES). Lembrando que as notas vão de 1 a 5, sendo que a nota 3 significa que a instituição cumpre todos os quesitos de qualidade e pode entrar no FIES.

    Sendo assim,  podemos dizer que são muitas as faculdades particulares que aceitam o FIES em todo o Brasil. Abaixo, vamos dar exemplos de algumas universidades que costumam aparecer na lista do FIES, porém, como já falamos, é preciso verificar se a instituição consta na listagem no momento da inscrição.

    • Centro Universitário Luterano de Palmas
    • Faculdade Católica do Tocantins
    • Faculdade de Palmas
    • Faculdade Barão do Rio Branco
    • Faculdade da Amazônia Ocidental
    • Faculdade do Acre
    • Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
    • Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
    • Centro Universitário Senac
    • Faculdade Pitágoras (PITÁGORAS)
    • Centro Universitário CESMAC
    • Centro Universitário Maurício de Nassau de Maceió
    • Faculdade de Tecnologia de Alagoas
    • Universidade Estácio de Sá (UNESA)
    • Faculdade Amadeus
    • Faculdade Brasileira de Tecnologia
    • Centro Universitário do Norte
    • Centro Universitário Luterano de Manaus
    • Centro Universitário para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí
    • Faculdade Senai
    • Faculdade do Sul de Santa Catarina
    • Universidade do Vale do Itajaí
    • Centro de Ensino Superior do Amapá
    • Faculdade Brasil Norte
    • Faculdade Cathedral
    • Faculdade de Ciências, Educação e Teologia do Norte do Brasil
    • Centro Universitário Jorge Amado
    • Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
    • Faculdade Cidade de Salvador
    • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
    • Centro Universitário Metodista
    • Faculdade de Tecnologia Alcides Maya
    • Faculdade Católica de Rondônia
    • Faculdade de Educação de Porto Velho
    • Faculdade de Porto Velho
    • Centro Universitário do Rio Grande do Norte
    • Faculdade Joaquim Nabuco
    • Escola Superior de Propaganda e Marketing
    • Faculdade Bezerra de Araújo
    • Faculdade Senai
    • Centro Universitário Curitiba
    • Faculdade Paranaense
    • Faculdade Adelmar Rosado
    • Faculdade de Ensino Superior do Piauí
    • Faculdade Boa Viagem
    • Faculdade de Odontologia do Recife
    • Centro Universitário de João Pessoa
    • Escola Superior da Amazônia
    • Faculdade Inteligente
    • Instituto Cuiabá de Ensino e Cultura
    • Instituto de Ensino Superior de Cuiabá
    • Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
    • Faculdade Mato Grosso do Sul
    • Faculdade de Ensinos Superiores de Minas Gerais
    • Faculdade do Maranhão
    • Centro Universitário de Goiás
    • Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória
    • Faculdade Cândido Mendes
    • Faculdade Claretiana de Brasília
    • Faculdade Ateneu
    • Faculdade CDL

    Resumo FIES

    Agora você já sabe tudo sobre o Fundo de Financiamento Estudantil, ou simplesmente, FIES. Também já sabe que o principal critério de avaliação é a nota tirada no Exame Nacional do Ensino Médio. Por isso, o primeiro passo para alcançar seu sonho de realizar uma graduação é focar na preparação para o ENEM.

    A nossa dica é que você defina uma rotina de aprendizado e revisão diárias. Afinal, por mais que a preparação seja cansativa, ela tem um prazo para terminar. Então, é melhor fazer tudo certo agora para garantir o seu futuro. É importante também responder questões de exames anteriores do ENEM, assim, você tem um prévia do que estará te esperando nos dias das provas.

    Por falar nisso, o ENEM tem fama de ganhar os candidatos pelo cansaço. Então, é importante imprimir e resolver provas completas, assim, você simula o grande dia de forma mais precisa. Mas, é preciso fazer como se fosse o grande dia. Então, escolha um cantinho silencioso da casa, deixe por perto apenas uma garrafinha de água e um chocolate. Também é importante fazer poucas pausas e deixar um celular mais afastado cronometrando o tempo de resolução. Com essas dicas e foco nos estudos, temos certeza que você vai alcançar uma boa nota no Exame Nacional do Ensino Médio e ficar mais perto de realizar os seus sonhos.

  • Financiamento Estudantil: o que você precisa saber para conquistar sua graduação

    Se existe um sonho compartilhado pela grande maioria das pessoas, esse sonho é o de conquistar um diploma de nível superior. Seja para após formado atuar na área que gosta, seja para garantir melhores oportunidades no mercado de trabalho, ou até mesmo para ter direito a maiores salários, ter uma graduação certamente faz enorme diferença […]

    VEJA +
  • O que é FIES? Inscrições, como funciona o FIES e quem pode participar

    Se você quer saber mais sobre o Fundo de Financiamento Estudantil, conhecido como FIES, veio ao lugar certo. Vamos esclarecer dúvidas como, por exemplo: “o que é?”, “quem pode ser fiador do FIES?”, ”como funciona o FIES?” e “quem pode se inscrever no FIES?”. Afinal, quando você tem acesso a informação pode tomar uma decisão […]

    VEJA +