Como é o mercado de trabalho para bacharéis em Ciência da Computação?

O curso superior de Ciência da Computação EAD tem constantemente conquistado um número cada vez maior de novos alunos. Mas isso é facilmente explicado, uma vez que essa é a área responsável pelo estudo das técnicas, metodologias, instrumentos computacionais e aplicações tecnológicas, sendo portanto, um dos nichos que mais cresce no Brasil e no mundo atualmente. Graças aos novos e frequentes avanços na tecnologia, a demanda por mão de obra qualificada para auxiliar no desenvolvimento tecnológico das empresas segue sempre em ampla ascensão.

O principal objetivo daqueles que se formam na faculdade Ciência da Computação EAD é automatizar os processos e o desenvolvimento de soluções de processamento de dados, seja para entrada ou para saída no computador, de modo a realizar a transformação dos mesmos em informações. Neste post falaremos tudo sobre essa tão importante graduação, e claro, como é o mercado de trabalho para os profissionais que nela se formam.

Como é o curso de Ciência da Computação EAD?

Durante os pelo menos quatro anos nos quais o aluno estiver cursando o Bacharelado em Ciência da Computação a distância, ele será introduzido a uma série de fundamentais disciplinas em sua grade curricular, que o deixarão pronto para sair da faculdade e já ingressar no mercado de trabalho. Abaixo mostramos quais são elas em cada um dos oito semestres que compõem o curso:

1º Semestre

  • Liderança, Cidadania, Ética e Tecnologia Sustentável
  • Cybersecurity
  • Integração Computacional de Hardware e Software
  • Matemática para Computação
  • Metodologia da Pesquisa Científica

2º Semestre

  • Estatística Aplicada
  • Sistemas Operacionais e Internet das Coisas (LOT)
  • Língua Brasileira de Sinais – Libras
  • Álgebra Linear e Geometria Analítica
  • Estrutura de Dados

3º Semestre

  • Cálculo para Funções de uma Variável
  • Banco de Dados I
  • Teoria dos Grafos
  • Qualidade e Usabilidade de Software
  • Engenharia de Software

4º Semestre

  • Cálculo para Funções de Múltiplas Variáveis
  • Banco de Dados II
  • Técnicas de Programação
  • Programação Orientada a Objetos I
  • Desenvolvimento de Soluções com Python

5º Semestre

  • Programação Orientada a Objetos II
  • Laboratório de Programação I
  • Gestão Ágil de Projetos de Softwares
  • Redes de Computadores
  • Programação Orientada a Objetos III
  • Pesquisa, Ordenação e Técnicas de Armazenamento

6º Semestre

  • Laboratório de Programação II
  • Governança de TI e Direito Cibernético
  • Computação para Dispositivos Móveis
  • Digital Business e Design Thinking
  • Sistemas Distribuídos

7º Semestre

  • Desenvolvimento de Software para Web
  • Laboratório de Programação III
  • Inteligência Artificial
  • Compiladores e Interpretadores
  • Linguagens Formais e Autômatos
  • Processamento de Imagens

8º Semestre

  • Computação Gráfica
  • Empreendedorismo Digital e Tecnologias Exponenciais
  • Projeto Orientado a Objetos
  • Segurança e Auditoria de Sistemas

Além de ser aprovado nas provas das disciplinas que listamos acima, ao fazer a graduação em Ciência da Computação, será necessário ainda realizar Atividades Curriculares Complementares – ACC – (disponíveis já a partir do 1º semestre) e Projetos Integradores (no 2º, 4º e 6º semestres), e claro, no último semestre, produzir um Trabalho de Conclusão de Curso, mais conhecido como TCC.

Mercado de Trabalho

Bom, agora que você já sabe tudo o que aprenderá no decorrer dos quatro anos que compõem o Bacharelado em Ciência da Computação EAD, vamos finalmente responder a pergunta que dá título a este post, ou seja, como está o mercado de trabalho para os profissionais formados nessa área?

Desde já adiantamos, trata-se de uma profissão que movimenta muitas contratações, uma vez que, conforme já havíamos antecipado no início do texto, ela é fundamental no cotidiano qualquer empresa, pois a possibilidade de que algum outro profissional, que não tenha a expertise de um Cientista da Computação, faça o trabalho são muito baixas, uma vez que das ramificações dentro da área de TI, essa é a que exige maior conhecimento teórico.

Quem conclui o curso de Ciência da Computação adquire grande conhecimento a respeito do funcionamento da computação, portanto, tem maior facilidade com programação avançada e desenvolvimento de sistemas. Por isso a capacidade de atuar em vários campos, desde a criação de algoritmos, passando pelo desenvolvimento de sistemas de computadores, chegando até a administração de ambientes e recursos computacionais.

Com base nisso, o Cientista da Computação poderá atuar no desenvolvimento de softwares, que venham a contribuir com a tecnologia da organização. Essa criação pode acontecer seja o profissional sendo contratado da própria empresa ou oferecendo seu serviço de forma autônoma. No caso da segunda opção, isso leva a mais uma possibilidade de atuação, ou seja, o treinamento dos funcionários para que aprendam a utilizar o software criado. E mais, quem se forma na faculdade de Ciência da Computação pode se tornar também um consultor ou um professor.

Pode acreditar, oportunidades ligadas a Tecnologia da Informação seguem sendo muito frequentes, e mesmo que enfrentemos crises econômicas, a tendência é que sigam existindo, pois nos profissionais dessa área pode estar o caminho para que uma empresa se sustente, tendo como grande auxiliador a tecnologia.

Mas não nos limitemos apenas à iniciativa privada, pois os profissionais com um diploma de Ciência da Computação também têm excelentes vagas à sua espera nos órgãos públicos. Mas para isso, claro, é necessário além do diploma, ser aprovado em concurso. Não há grande incidência de ofertas específicas para profissionais com a nomenclatura de Cientista da Computação, mas o simples fato de o candidato ter essa formação já abre o leque para que concorra a qualquer cargo que tenha como exigência graduação na área de TI.

E os salários para os aprovados são daqueles de encher os olhos. Há casos onde é possível ganhar inicialmente mais de R$ 9 mil. Portanto, esse é um caminho que também pode ser pensado com carinho. Inclusive, é cada vez maior o número de pessoas que se matriculam nesse bacharelado já com o intuito de, após formados, investir nos estudos em busca de uma vaga em órgão público.

Sabendo tudo sobre Tecnologia da Informação, algo que você certamente conseguirá ao fazer ao matricular-se na faculdade, pode ter certeza, o mercado de trabalho sempre estará de portas abertas à sua espera.

Então é isso, esperamos ter conseguido tirar todas as suas dúvidas e colaborar para sua decisão sobre matricular-se nesse curso que fará de você um profissional de sucesso, proporcionando uma série de benefícios para você e para a empresa que o contratar.

Deixe seu Comentário