Como é um curso de bacharelado em ciência da computação ead?

Procurando uma opção de curso na área de Tecnologia da Informação? Então você está no lugar certo! A partir de agora, aqui no blog 3DCloner você vai entender como funciona a faculdade ciência da computação EAD, bem como, ficará por dentro de outros aspectos sobre a carreira. Não deixe de conferir!

A ciência da computação é uma das áreas que mais cresce no Brasil, atualmente. Isso acontece graças aos novos avanços tecnológicos e a demanda por mão de obra qualificada para desempenhar a função e auxiliar no desenvolvimento de cada empresa.

Como é o curso de Ciência da Computação EAD?

O curso de ciência da computação é oferecido na modalidade de graduação, com duração  de quatro anos, que totalizam cerca de 3.000h de estudo distribuídas entre conteúdo teórico e prático, laboratórios de aprendizagem, atividades extracurriculares e trabalho de conclusão de curso.

Na modalidade a distância, o conteúdo é disponibilizado em videoaulas que ficam armazenadas em um ambiente virtual de aprendizagem, o que possibilita ao aluno escolher o melhor horário para assisti-las.

Para complementar o aprendizado outros materiais como livros impressos ou em pdf podem ser utilizados.

O que é preciso para ingressar no curso de Ciência da Computação?

Um dos principais requisitos exigidos para ingressar no bacharelado em ciência da computação a distância é a conclusão do Ensino Médio.

Entretanto, algumas outras habilidades podem fazer com que você tenha mais facilidade ou se identifique ainda mais com a carreira.

Por se tratar de uma área ligada à Tecnologia da Informação, como já mencionamos anteriormente, é imprescindível que você possua alguma aptidão no manuseio de dispositivos tecnológicos.

Gostar de matemática também pode ser um diferencial importante já que durante a faculdade de ciência da computação muitos conteúdos como cálculo e algoritmo serão trabalhados.

Para finalizar, o perfil ideal deste profissional também é estar atento e se manter em constante atualização sobre novas tecnologias e tendências do setor. Este aspecto traz um grande diferencial para o mercado de trabalho, que está cada vez mais competitivo.

 

Grade curricular do curso de Ciência da Computação EAD

Durante o curso de ciência da computação EAD, o acadêmico desenvolverá amplos conhecimentos em conteúdos ligados à área de Ciências Exatas. Por isso, espera-se que o estudante tenha habilidade com cálculos, algoritmos, estatísticas, além de utilizar muito de raciocínio lógico no seu dia a dia, o que facilitará a resolução de problemas e desafios.

Entre as habilidades mais buscadas para os profissionais da carreira podemos citar a ampla visão sobre a área da computação e TI, conhecimento aprofundado principalmente da língua inglesa, capacidade para identificar e solucionar problemas computacionais e habilidade para liderar e trabalhar em equipe. Além disso, é exigido também, competência para projetar, desenhar, implementar e gerenciar projetos de software.

Para que você possa ter uma prévia do que esperar sobre os conteúdos a serem aprendidos durante a graduação de Ciência da Computação, nós compartilhamos abaixo a grade curricular correspondente ao curso oferecido pelo EAD Premium Unifacvest.

Semestre 1

Liderança, Cidadania, Ética e Tecnologia Sustentável

Cybersecurity

Integração Computacional de Hardware e Software

Matemática para Computação

Metodologia da Pesquisa Científica

Atividade Curricular de Extensão (ACE) I

Atividade Prática E Complementar (APC) I

 

Semestre 2

Estatística Aplicada

Direitos Humanos e Relações Sociais

Sistemas Operacionais e Internet das Coisas (LOT)

Álgebra Linear e Geometria Analítica

Educação Ambiental

Estruturas de Dados

Atividade Integradora I

Atividade Curricular de Extensão (ACE) II

Atividade Prática E Complementar (APC) II

 

Semestre 3

Cálculo para Funções de uma Variável

Banco de Dados I

Teoria dos Grafos

Qualidade e Usabilidade de Software

Língua Brasileira de Sinais – Libras

Engenharia de Software

Atividade Curricular De Extensão (ACE) III

Atividade Prática E Complementar (APC) III

 

Semestre 4

Cálculo para Funções de Múltiplas Variáveis

Banco de Dados II

Técnicas de Programação

Programação Orientada a Objetos I

Desenvolvimento de Soluções com Python

Atividade Integradora II

Atividade Curricular de Extensão (ACE) IV

Atividade Prática e Complementar (APC) IV

 

Semestre 5

Programação Orientada a Objetos II

Laboratório de Programação I

Gestão Ágil de Projetos de Softwares

Redes de Computadores

Programação Orientada a Objetos III

Pesquisa, Ordenação e Técnicas de Armazenamento

Atividade Curricular de Extensão (ACE) V

Atividade Prática e Complementar (APC) V

 

Semestre 6

Laboratório de Programação II

Governança de Ti e Direito Cibernético

Computação para Dispositivos Móveis

Digital Business e Design Thinking            9

Sistemas Distribuídos

Atividade Integradora III

Atividade Curricular De Extensão (ACE) VI

Atividade Prática E Complementar (APC) VI

 

Semestre 7

Desenvolvimento de Software para Web

Laboratório de Programação III

Inteligência Artificial

Compiladores e Interpretadores

Linguagens Formais e Autômatos

Processamento de Imagens

Atividade Curricular de Extensão (ACE) VII

Atividade Prática E Complementar (APC) VII

 

Semestre 8

Computação Gráfica

Empreendedorismo Digital e Tecnologias Exponenciais

Projeto Orientado a Objetos

TCC – Trabalho de Conclusão de Curso

Atividade Curricular de Extensão (ACE) VIII

Atividade Prática E Complementar (APC) VIII

Segurança e Auditoria de Sistemas

 

O que faz quem se forma em Ciência da Computação

Quem conclui uma graduação em ciência da computação é chamado de cientista da computação. E neste sentido, o profissional está habilitado para atuar na elaboração de programas de informática, criando desde ferramentas simples, como um aplicativo de finanças pessoais, até programas complexos, como os utilizados para o gerenciamento de produção ou de processamento de informações em corporações multinacionais.

De acordo com estas atribuições, ele pode atuar como programador, desenvolvedor, analista de softwares ou sistemas, gerente de TI ou engenheiro de software auxiliando no desenvolvimento de várias áreas corporativas, normalmente, dentro do setor de Tecnologia da Informação (TI).

Sendo assim, há um grande leque de atuação e consequentemente um grande número de vagas abertas no mercado de trabalho, já que, basicamente, o cientista da computação pode trabalhar em qualquer empresa que utilize uma rede de computadores e queira se desenvolver tecnologicamente.

Conheça abaixo algumas das atuações do profissional e suas respectivas atividades:

 

Banco de dados: desenvolver programas de computador que organizam, classificam e indexam informações.

Desenvolvimento de softwares e aplicativos: elaborar programas, dentre eles jogos de computador e celulares.

Marketing e vendas: divulgar e vender software e hardware. Analisar e planejar novos produtos.

Suporte: assessorar usuários na compra de equipamentos e programas. Dar manutenção a sistemas e redes de computadores.

Deixe seu Comentário