Como funciona um curso de Educação Física a distância?

O EAD é uma modalidade cada vez mais difundida, reconhecida e confiável para conquistar o sonhado diploma de graduação. Porém, ainda é bastante comum que muitos tenham dúvidas relacionadas a essa maneira de se formar. E quando se trata da faculdade de Educação Física a distância, que é um dos cursos que mais concentra matrículas, isso não é diferente. Porém, precisamos compreender esse, podemos dizer receio, uma vez que há nem tanto tempo, a ideia de estudar em algum lugar que não fosse dentro de uma sala de aula era impensável, mas isso é coisa do passado.

Já são incontáveis os, agora formados, que optaram por estudar quase que 100% do tempo em casa, isso não se limita apenas ao curso de Educação Física, mas também a outros como Pedagogia, Administração, Ciências Contábeis, Serviço Social, para citarmos apenas alguns. E todos esses profissionais, acredite, encontraram um mercado de trabalho muito receptivo, repleto de boas oportunidades.

Mas afinal de contas, como funciona uma faculdade de Educação Física EAD? É exatamente com a intenção de responder a esse questionamento que dedicamos essa postagem.

Duração e Grade Curricular da Educação Física a distância

Bom, a Licenciatura em Educação Física deve ter pelo menos quatro anos de duração, ou 48 meses, como preferir, mas nunca menos que isso. Portanto fique atento, caso alguma instituição venha a oferecer formação em tempo inferior, você não apenas deve desconfiar como, principalmente, não aceite, já que ela estará indo contra uma determinação do Ministério da Educação (MEC), sendo então não-reconhecida, o que implicará com que seu diploma não tenha a devida validade.

No decorrer dos oito semestres que compõem o curso a distância de Educação Física, farão parte da grade curricular muitas disciplinas que certamente não serão importantes apenas durante o período de formação, mas que também serão muito utilizadas durante sua carreira. São elas:

1º Semestre

  • História da Educação
  • Prática Textual em Língua Portuguesa
  • Formação Docente para a Diversidade
  • Filosofia da Educação
  • Libras – Língua Brasileira de Sinais
  • Sociologia da Educação

2º Semestre

  • Introdução à Educação Física
  • Psicologia da Educação
  • Políticas Educacionais e Organização da Educação Básica
  • Didática
  • Educação Ambiental
  • Fundamentos de Citologia e Histologia

3º Semestre

  • Currículo e Planejamento na Educação Básica
  • Fundamentos da Educação Especial e Inclusiva
  • Educação e Ludicidade
  • Anatomia e Fisiologia Humanas
  • Recreação e Lazer

4º Período

  • Fisiologia do Exercício e do Esporte
  • Metodologia da Educação Física Escolar
  • Metodologia do Ensino de Ginástica
  • Metodologia do Ensino de Atletismo
  • Direitos Humanos e Relações Étnico-Raciais
  • Psicomotricidade no Contexto Escolar

5º Período

  • Metodologia do Ensino de Voleibol
  • Jogos, Brinquedos e Brincadeiras na Educação Física
  • Prevenção de Acidentes e Socorros de Urgência no Ambiente Escolar
  • Transversalidade na Educação
  • Metodologia do Ensino de Futebol e Futsal

6º Período

  • Metodologia do Ensino de Lutas
  • Metodologia do Ensino de Basquetebol
  • Promoção da Saúde na Escola
  • Avaliação da Aprendizagem

7º Período

  • Metodologia do Ensino de Handebol
  • Metodologia do Ensino de Atividades Aquáticas
  • Gestão Educacional
  • Direitos Educacionais de Crianças e Adolescentes

8º Período

  • Atividades Rítmicas e Dança
  • Métodos e Técnicas de Pesquisa
  • Tópicos Especiais
  • Educação Física Adaptada

Para se tornar um profissional de Educação Física, além da necessidade de conquistar boas notas nas provas referentes a cada uma das disciplinas que citamos acima, é preciso também realizar Atividades Complementares (que podem ser feitas já a partir do primeiro semestre), Práticas Pedagógicas (em todos os semestres), fazer Estágio Supervisionado em Ensino Fundamental (no 5º semestre) e em Ensino Médio e Gestão Escolar (no 7º semestre), e claro, produzir aquele que fechará o ciclo com chave de ouro e culminará na conquista do seu merecido diploma, o Trabalho de Conclusão de Curso, ou simplesmente TCC.

Mercado de trabalho para Educadores Físicos

Um ponto importante a respeito da Educação Física que precisa ser de conhecimento daqueles que pensam em matricular-se no curso, é que trata-se de uma disciplina considerada obrigatória pelo Ministério da Educação (MEC) em todas as escolas do país, uma vez que proporciona aos alunos uma melhor qualidade de vida, colaborando de forma significativa para a prevenção de doenças cardiovasculares, obesidade, hipertensão, entre outras. Além, é claro, de ter um papel fundamental no desenvolvimento cognitivo de quem a pratica, independentemente da idade.

E por que dissemos que é importante ter conhecimento a respeito disso? Pois bem, se é uma matéria obrigatória da na grade curricular de qualquer colégio, consequentemente é preciso de profissionais para lecionarem. Faça uma rápida pesquisa de quantas instituições de ensino existem no seu estado, ou se preferir restringir ainda mais, em sua cidade. Há portanto boas chances de se conquistar uma vaga.

Porém, além das escolas tradicionais, o professor de Educação Física também pode dar aulas em escolas esportivas de modalidades específicas, como as de atletismo, basquete, futebol de campo ou de salão, ginástica, handebol, natação, vôlei, entre outras. Ou seja, o leque de opções só faz crescer, provando que fazer uma Licenciatura EAD é sim uma excelente opção quando se pensa no mercado de trabalho.

Os licenciados em Educação Física têm ainda uma outra opção de área de atuação que não se restringe a de professor: a de pesquisador. Nesse caso, o profissional poderá atuar em instituições de pesquisa, universidades, ou onde mais essa função seja requerida, colaborando assim para novas descobertas que levem ao aperfeiçoamento.

Não podemos esquecer que seu diploma permitirá também que participe de concursos públicos, que em sua maioria costumam ser realizados por Prefeituras, Câmaras, Institutos Federais, e claro, os Conselhos Regionais e Federais de Educação Física. As vantagens de ser um concursado em relação a trabalhar na iniciativa privada são principalmente a carga horária diferenciada e as remunerações recebidas, que no caso tendem a ser, na maioria das vezes, mais atrativos.

Então, agora que você já sabe como é um curso de Educação Física a distância e como o mercado de trabalho para os profissionais da área é aquecido, esperamos que possa deixar qualquer dúvida de lado e finalmente realizar sua matrícula na faculdade EAD. Pode ter certeza, se você sempre teve o sonho de trabalhar nesse ramo não irá se arrepender, pois não apenas terá a alegria de atuar com o que gosta, como também a satisfação de levar atividade física e saúde a uma grande quantidade de alunos.

Deixe seu Comentário