O que é o curso de tecnologia em sistemas para internet?

O curso superior de tecnologia em sistemas para internet chegou para complementar a área de tecnologia da informação, e com o objetivo de atender a crescente demanda do mercado, que se torna cada vez mais tecnológico e conectado.

A graduação, que tem duração de até 32 meses, possibilita atualizar conhecimentos não só na área de TI, como também nas áreas de comunicação, criação, programação, marketing e gestão.

Isso tudo para que, depois de formado, o  profissional seja capaz de fazer uso das mais diversas ferramentas para o desenvolvimento, manutenção e operação de aplicativos, sites e plataformas móveis para a internet e/ou intranet.

Grade curricular do curso de Tecnologia em Sistemas para Internet

O curso de Tecnologia em Sistemas para Internet a distância tem como objetivo específico formar profissionais aptos a desenvolver e gerenciar sistemas para Internet, com base na compreensão do processo tecnológico.

E para poder atuar em toda e qualquer solução conectada que conhecemos, os acadêmicos devem cumprir aproximadamente 2.000h de estudos/atividades, distribuídas em 4 semestres.

Neste sentido, para ilustrar como funciona um curso de tecnologia em sistemas para internet ead, compartilhamos abaixo a grade curricular oferecida pelo EAD Plus Santa Cruz.

 

Semestre 1

Módulo 1A

Liderança, Cidadania, Ética e Tecnologia Sustentável

Cybersecurity

Integração Computacional de Hardware e Software

Módulo 1B

Digital Design

Gestão Ágil de Projetos de Design

Direitos Humanos e Relações Sociais

Atividade Curricular de Extensão (ACE) I

Atividade Prática E Complementar (APC) I

 

Semestre 2

Módulo 2A

Desenvolvimento Web

Gestão De Negócios Web e Gamificação

Sistemas Operacionais E Internet Das Coisas (LOT)

Módulo 2B

Engenharia de Software

Projeto Web

Educação Ambiental

Atividade Integradora I

Atividade Curricular de Extensão (ACE) II

Atividade Prática e Complementar (APC) II

 

Semestre 3

Módulo 3A

Programação Mobile

Devops

Inteligência Artificial e Ambientes Cognitivos

Módulo 3B

Projeto Mobile

Desenvolvimento de Soluções com Python

Língua Brasileira de Sinais – Libras

Atividade Curricular de Extensão (ACE) III

Atividade Prática e Complementar (APC) III       

 

Semestre 4

Módulo 4A

Governança de TI e Direito Cibernético

Digital Business e Design Thinking

Empreendedorismo Digital e Tecnologias Exponenciais

Módulo 4B

Desenvolvimento de Aplicações Web de Alta Performance

Atividade Integradora II

Atividade Curricular de Extensão (ACE) IV

Atividade Prática e Complementar (APC) IV

Desenvolvimento de Startups

 

Certificações ao longo do curso

Possibilitando seu ingresso ou progressão no mercado de trabalho, o EAD Plus Santa Cruz permite ainda que, ao final de cada módulo sinalizado acima, você receba uma certificação específica, referente aos conteúdos estudados no período.

Assim, quando concluir sua graduação, além do diploma, você conquistará um total de quatro certificados de qualificação profissional, que proporcionam a atuação profissional desde o início do curso. São eles:

Certificado de Qualificação Profissional em Design de Web

Obtido após a conclusão do módulo 1, este certificado de qualificação profissional é equivalente ao de um curso de Web Design.

Certificado de Qualificação Profissional em Sistemas Web

Já após terminar o módulo 2, o certificado profissional conquistado será o equivalente ao de um curso de Desenvolvimento de Sistemas Web.

Certificado de Qualificação Profissional em Soluções Mobile

No fim do módulo 3, será garantido o certificado de qualificação profissional equivalente ao conquistado em um curso de Programação Mobile ou em um curso de Desenvolvimento Mobile.

Certificado de Qualificação Profissional em Empreendedorismo na Internet

E por fim, no módulo 4, o certificado terá equivalência ao conquistado em curso de Empreendedorismo Digital ou curso de Empreendedorismo na Internet.

 

O que faz o profissional de Sistemas para Internet

Fazendo uso de linguagens e códigos de programação e também de outros conhecimentos, quem se forma em Tecnologia em sistemas para internet é capaz de projetar, desenvolver e implantar sistemas que estejam conectados com a internet.

Ou seja, está habilitado para montar desde sites para redes internas de empresas, conhecidos como intranet, implantar sistemas de comércio eletrônico, até mesmo se envolver no desenvolvimento e criação de aplicativos para tablets e smartphones.

Mas, a atuação deste profissional tão importante não acaba por aí. Além de ser o responsável pela construção e implantação destes sistemas, muitas vezes cabe a ele ainda a manutenção, atualização e monitoramento das ferramentas.

Por isso, esta é uma das carreiras que exigem constante atualização, tanto teórica quanto prática.

E para que você possa entender mais sobre a profissão, separamos abaixo algumas informações sobre as suas atribuições:

 

  • Trabalhar com páginas para sites de Internet e intranets, sistemas de comércio eletrônico e aplicativos para plataformas móveis;
  • Utilizar metodologias e ferramentas adequadas para o desenvolvimento das aplicações;
  • Elaborar e estabelecer diretrizes para a criação de interfaces adequadas à aplicação de acordo com características, necessidades e público-alvo.
  • Vistoriar, realizar perícia, avaliar, emitir laudo e parecer técnico.

 

Já com relação ao campo de atuação dos tecnólogos, de acordo com o Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia elaborado pelo Ministério da Educação – MEC, eles podem ser:

  • Empresas de planejamento, desenvolvimento de projetos, assistência técnica e consultoria;
  • Empresas de tecnologia;
  • Empresas em geral (indústria, comércio e serviços);
  • Organizações não-governamentais;
  • Órgãos públicos;
  • Institutos e Centros de Pesquisa;
  • Instituições de Ensino, mediante formação requerida pela legislação vigente.

 

Quais as áreas de atuação do profissional formado em Tecnologia em Sistemas para Internet

Como já mencionamos anteriormente, no início deste texto, tendo uma sociedade cada vez mais ativa e conectada quando o assunto é internet, pode-se dizer que o cenário é mais do que promissor para quem deseja ingressar no curso superior de tecnologia em sistemas para internet a distância e seguir carreira na área.

Para provar, reunimos os dados divulgados pelo IBOPE Media, que aponta o Brasil como o quinto país com maior número de conexões à internet, considerando ainda que metade dos brasileiros possuem acesso à rede.

Desta forma, a garantia de emprego é certa para quem possuir um diploma em mãos. E sabendo disso, reunimos abaixo algumas possibilidades de atuação que podem ser vivenciadas por quem concluir o curso.

Analista de Desenvolvimento de Sistemas – carreira onde o profissional é responsável por desenvolver, analisar, projetar, implementar e atualizar os sistemas de informação.

Analista de Sistemas para Internet – neste cargo o profissional analisa e desenvolve projetos de sistemas para web, levantando requisitos, mapeando processos e realizando modelagem de dados.

Desenvolvedor de sites – Neste função o desenvolvedor fará uso de códigos de programação para criar sites, portais, aplicativos, lojas virtuais e fóruns.

Agente de Segurança da Informação na Web – De forma específica, esta função concentra seus esforços em proteger as informações inseridas na web. Então, a principal atividade a ser desenvolvida é proteção e preservação de conteúdos sigilosos.

Desenvolvedor de Apps – O profissional que atuar neste cargo será responsável pelo desenvolvimento de aplicativos, desde jogos a recursos relevantes para as empresas.

 

Remuneração dos profissionais de Sistemas para Internet

Nas diferentes áreas de atuação, os profissionais de Sistemas para Internet encontram algumas das melhores remunerações do mercado, o que é bastante característico da área de tecnologia. O tecnólogo atualmente recebe, em média, R$ 5.872,05, e o valor pode chegar até R$ 12.974,60, segundo a Pesquisa do site Salário.com

Vale lembrar que para se destacar no mercado e alcançar as melhores oportunidades, você deve realizar uma boa faculdade e, posteriormente, investir em cursos de qualificação na área.

Deixe seu Comentário