ProUni: saiba tudo sobre o Programa Universidade para Todos!

Se você sonha em estudar em uma faculdade de renome, precisa saber o que é ProUni. Por isso, no texto de hoje, vamos tirar todas as suas dúvidas sobre como funciona o ProUni. E já podemos adiantar que ele é um programa de inclusão educacional criado pelo Ministério da Educação (MEC). E hoje você vai saber como é a inscriçao ProUni, o resultado ProUni, além de saber quem pode se inscrever no ProUni e muito mais.

O que é ProUni?

Começamos te explicando melhor o que é ProUni. Como falamos anteriormente, ele é um programa criado pelo MEC com o intuito de fornecer bolsas de estudos, sejam elas parciais ou integrais, em instituições de ensino particulares. Dessa forma, o seu principal objetivo é ampliar o acesso ao nível superior à população de baixa renda. 

Como funciona o ProUni?

Se você está se questionando como funciona o ProUni, fica tranquilo, nós vamos explicar todos os detalhes. O programa abre inscrições duas vezes ao ano, normalmente, o prazo é aberto no início de cada semestre letivo. No ato da inscrição é preciso escolher a sua primeira e segunda opção de graduação, essa escolha pode ser alterada enquanto o processo de inscrição estiver ativo.

E para fazer parte do ProUni é preciso participar de uma seleção que leva em conta a nota do candidato no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), assim como, a sua renda familiar e o curso desejado. Sendo assim, se for aceito, é possível receber bolsas de 50% ou 100% em faculdades privadas por todo o Brasil. E esse benefício é válido durante toda a graduação.

Dessa forma, só será permitida a participação de estudantes com renda familiar de até três salários mínimos por pessoa. Para fazer essa conta, é necessário somar a renda bruta de todos do grupo familiar e em seguida, dividir pelo número de pessoas desse grupo. Assim, para se candidatar a uma bolsa integral, o estudante deve ter um renda de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já a bolsa de 50% permite até três salários mínimos por pessoa.

Quem pode se inscrever no ProUni?

Antes de falarmos sobre como é a inscrição no programa, é preciso frisar quem pode se inscrever no ProUni. Como já mencionamos, esse é um programa voltado para estudantes de baixa renda, dessa forma, é necessário que o estudante se encaixe no perfil socioeconômico exigido.

Sendo assim, para estar apto a se inscrever, o candidato precisa se encaixar em algumas das  condições abaixo:

Ser aluno de escola pública

Para se inscrever, é preciso que o estudante tenha feito o ensino médio em escola pública. Porém, caso o aluno tenha estudado em escola particular durante esse período, mas como bolsista integral, também se tornará apto ao programa.

Ter realizado o ENEM

Também é necessário que o candidato tenha feito a última edição do ENEM. Mas, ainda há uma nota mínima exigida que é de 450 pontos, o aluno também não pode ter zerado na redação.

Ser professor de escola pública

Não são só os alunos de escola pública que podem contar com o ProUni, os professores da rede pública também têm esse direito. Esses profissionais podem se inscrever para a modalidade de licenciatura, que é a graduação focada na formação de professores. É permitido cursos como matemática, química, física, biologia, história, geografia, português e pedagogia.

E nesse caso, em específico, não é necessária a comprovação de renda, porém, é preciso que o professor ou professora esteja no exercício do magistério e componha o quadro de funcionários efetivos de uma escola. Também fica válido o requisito de ter realizado a última prova do ENEM e alcançado a pontuação mínima exigida pelo MEC.

Possuir alguma deficiência

Se esse for o caso, ao realizar a matrícula, o aluno deverá levar documentos de comprovação, assim como, os outros comprovantes tanto pessoais quanto do perfil socioeconômico.

Inscrição ProUni

Todo o processo de inscriçao ProUni é realizado online e em uma única etapa. Para isso, o candidato precisa acessar o site oficial do programa (http://prouniportal.mec.gov.br/). Porém, é preciso realizar essa etapa quando o prazo de inscrição estiver aberto.

Para realizar a inscriçao ProUni é importante ter em mãos o seu CPF e também a senha de inscrição do ENEM no ano anterior. Também será necessário preencher um questionário sobre a sua situação socioeconômica. Então, faça esse processo quando tiver um tempo disponível.

Caso você não tenha acesso a internet ou um dispositivo para realizar a inscrição, você pode fazer esse processo de forma gratuita em qualquer instituição que seja participante do programa.

ProUni: vagas remanescentes

Antes de falar mais sobre ProUni vagas remanescentes, é  preciso entender um pouco mais sobre o processo de resultados do programa. Sendo assim, depois que finaliza o período de inscrição, o programa mostra a lista de classificação de acordo com a pontuação do candidato no ENEM. Logicamente, os estudantes que tiveram as notas mais altas são chamados para ocupar as primeiras vagas. Mas, como é preciso escolher duas opções de curso no ato da inscrição, quem foi chamado para a primeira opção, não pode mais concorrer pela segunda.

E é por isso, que acontece a segunda chamada e ProUni vagas remanescentes. Assim, após a finalização do prazo de matrículas da primeira chamada, acontece essa segunda seleção com um número reduzido de vagas.

Há ainda uma última opção depois da segunda chamada, a lista de espera. Afinal, após as chamadas regulares, ainda pode haver algumas vagas a serem preenchidas e é por isso que o programa abre essa lista de espera. Porém, para participar é preciso que o candidato que não foi selecionado acesse o site do programa e sinalize que tem interesse em participar.

E para finalizar, o candidato que quiser conferir sobre o resultado ProUni, pode acessar o site do programa. Há também a opção de entrar em contato com o MEC pelo número  0800-616161, ou ainda, verificar diretamente com a instituição em que se inscrever para concorrer a uma vaga.

Deixe seu Comentário